quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Oficina 10 - TP 5 Coesão e Coerência Textual

No último sábado 29 de Agosto, nós que fazemos o GESTAR II em Língua Portuguesa através da GRE – Gerência Regional de Educação/ Polo Salgueiro realizamos nossa Oficina 10 do programa em curso partindo do Caderno de Teoria e Prática (TP 5) Coesão e Coerência – Unidades 19 e 20 que traz por objetivo, analisar como funcionam textualmente os termos que constituem a coesão. O encontro teve início as 8:00h da manhã mais uma vez, no prédio da UPE- Universidade de Pernambuco – Campus Salgueiro com sensibilização através da Dinâmica: “Chega mais!” a partir da qual os participantes cumprimentavam de forma bem criativa e descontraída uns aos outros através de comandos que surgiam cada vez que a música era interrompida, um vídeo de bom dia completou a recepção calorosa e acolhedora aos cursistas para que os mesmos sentissem uma energia boa no ambiente de estudo formado ali. Sentindo-se bem a vontade para se expressar cada participante recebeu uma frase bem sugestiva para que a completasse, eram frases do tipo: “Minha maior alegria é...”, Quando estou cansado e quero sair da rotina eu...”, A minha felicidade eu gostaria de dividir com...”, dentre outras.Bem, concluídas as frases, chegou a hora de construir um texto coeso e coerente utilizando as informações sugeridas anteriormente em frases incompletas, o primeiro participante foi convidado e os demais tinham que procurar se encaixar no texto coletivo que se formava, a atividade foi bem divertida e ao finalizar o texto pudemos analisa-lo e atribuir-lhe um título coerente a produção. A partir desta experiência começou-se a refletir os elementos de coesão e sua função no texto, a referida discussão deu início a teorização do dia através do slide “Coesão e Coerência” preparado especialmente para esta oficina, dentro do qual enfocamos questões como: Coesão referencial e seqüencial, e ainda a temporalidade no texto,utilizamos de muita exemplificação para ampliar nossa visão acerca do assunto, exemplos estes que instigaram a participação do grupo numa interação harmoniosa com a temática. O Praticando destinado ao dia de hoje, foi construído a partir de uma leitura de imagem onde os participantes organizados em grupo as interpretariam e a partir da mesma identificariam informações como; Onde? Quando? O que? Quem? Qual o desfecho? E todas as respostas foram propositalmente embaralhadas, para que ao serem redistribuídas pudessem constituir um texto onde o grande desafio do grupo foi transformar este emaranhado de frases em algo coeso e coerente, a atividade os fez sentir na pele as dificuldades enfrentadas pelo aluno diante de uma proposta de produção como essa e possibilitou inferências nas práticas utilizadas em sala de aula refletindo a eficácia de certas abordagens, ao apresentarem os textos construídos por cada grupo, os demais foram analisando o que havia de coeso e coerente e o que faltou para que o objetivo fosse alcançado, aproveitei para recolher os textos produzidos hoje, pois pretendo retoma-los numa outra oportunidade onde trabalharei sua reescrita, imagino que será uma interessante vivência. O Socializando o Lição de casa trouxe poucas atividades vivenciadas, pois grande parte do grupo passou a semana em formação sobre “Crônicas na sala de aula” e não conseguiram aplicar o avançando a tempo, no entanto o farão dentro da próxima quinzena, mas as atividades que puderam ser vistas trouxeram ao grande grupo reflexões sobre seqüência lógica, maturidade textual e uma dificuldade que nos chamou atenção “uma turma com dificuldade de produzir textos individualmente”, ou seja a maioria de alunos desta turma prefere produzir com o colega,pois assim se sentem mais seguros., a atividade foi bem debatida e penso termos conseguido uma boa sugestão de atividade a ser utilizada pela colega nesta turma. A escolha do próximo avançando na prática foi feita em conjunto, analisando todas as propostas do TP e relacionado-as com as atividades propostas no AAA5 versão do aluno, uma vez que as propostas vistas no material enriqueceriam o avançando adotado. No segundo momento tratamos do andamento dos projetos e orientações foram repassadas para que o mesmo aconteça da melhor maneira tanto para formador quanto para professor e aluno. Um bom vídeo de motivação entitulado “Mude” finalizou nossos trabalhos e o grupo voltou a se reunir em círculo para a avaliação do dia, que desta vez, se deu através de leitura de imagens que foram expostas dentro do círculo para que cada participante escolhesse uma delas e explicasse-nos por que aquela imagem simbolizava esta oficina. Em clima de expectativas concluímos o dia esperando que o aprendizado de hoje seja instrumento de construção pedagógica inovadora destinada a cada aluno que compõe este programa.
Um grande abraço! Núbia Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário